As estrelas do mar

Autor desconhecido

"Havia um escritor que gostava de se recolher numa vila de pescadores para escrever suas obras.

Numa destas noites, houve uma tempestade violenta e, no dia seguinte, ele saiu para ver o que havia acontecido.

Tudo destruído na vila, casas ao chão e ruínas em todos os locais. 

Buscando acalmar a mente, ele buscou a praia e seus olhos ficaram estarrecidos com a cena ... a praia estava coberta por estrelas do mar!

Desastre total ... eram tantas estrelas do mar que ele mal conseguia ver a areia da praia. 

Mas viu ao longo uma cena que o intrigou ... um menino agachava, apanhava alguma coisa na praia e jogava de volta ao mar.

Invadido pela curiosidade, ele foi, com muito cuidado para não pisar em nenhuma estrela do mar, caminhando em direção àquela cena incomum.

Ao se aproximar, ele viu que o menino pegava uma única estrela do mar por vez e a lançava de volta ao mar.

Ele contemplou a praia coberta de estrelas do mar e sabia que seria impossível retornar todas as estrelas do mar às águas de onde vieram, mas o menino parecia não perceber a dimensão da impossível tarefa diante dele e continuava lançando as estrelas do mar de volta ao oceano, uma a uma.

Aquilo o incomodou. Ele se aproximou do menino que continuava lançando as estrelas de volta ao mar e disse:

"Menino, o que é que você está fazendo?"

Ao que o menino respondeu: "Estou devolvendo as estrelas do mar pras águas de onde vieram".

"Mas são muitas", disse o escritor.

O menino não lhe respondeu e continuou com seu trabalho de salvar as estrelas do mar.

O escritor então, diante do silêncio inocente da criança, perdeu o controle e disse:

"Menino, veja a quantidade de estrelas do mar na praia! Elas todas vão morrer! Você acha que você faz alguma diferença?" 

O menino abaixou, pegou uma estrela do mar com muito cuidado, a segurou nas mãos como quem segura um tesouro, olhou para o escritor e disse:

"Para esta aqui, eu faço a diferença" e lançou a estrela de volta ao mar.

Abaixou-se de novo, pegou outra estrela e disse ... "para esta aqui, eu faço a diferença" e lançou-a de volta ao mar ..."

Nós sabemos que a tarefa é enorme e que não podemos ajudar a todas as crianças e nem a todos os animais abandonados, mas para aqueles que cruzam nossos caminhos ... nós fazemos a diferença.

Essa é a nossa causa e se você quiser fazer parte dela, será muito bem-vindo ... você não precisa fazer nada, nós faremos tudo por você.

Você presenteia a quem você ama e ajuda a "lançar mais uma estrela de volta ao mar".

 

Ana Paula Cavalari
(criadora do Estúdio Cavalari)